Você está em:Home > Posts de outubro, 2012

Nutrição pediátrica

  • facebook
  • Twitter

Nutrição pediátrica é o novo serviço da Speciale

 

A criação do tratamento vem de encontro com o mês de combate à obesidade infantil, epidemia global que aumenta gradualmente no país

 

A obesidade infantil é uma doença crônica que cresce a cada ano no mundo contemporâneo. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgados em 2010, nos últimos 20 anos, o número de crianças entre 5 e 9 anos que sofrem de obesidade quadriplicou no Brasil. No planeta, quase 43 milhões de crianças abaixo dos cinco anos de idade já apresentam sobrepeso.

A preocupação com o aumento dessas taxas levou a clínica Speciale, no bairro Sion, a criar um novo serviço, voltado para a saúde dos pequenos. A nutrição pediátrica consiste no atendimento a crianças de 0 a 16 anos, por uma equipe especializada no assunto: a nutricionista Caroline Matos e a pediatra Denise Alves Brasileiro.

“A obesidade é uma doença multifatorial, ou seja, envolve diversos aspectos, entre eles o genético, o psicológico e a criação pelos pais. Por isso, exige o atendimento de uma equipe multidisciplinar”, reforça a médica. Dessa forma, o objetivo da nutrição pediátrica é atuar por meio da prevenção, promovendo uma educação alimentar precoce, e tratar os casos em que as alterações de peso já estão presentes.

“A formação do hábito alimentar tem início na gestação, o que reflete no desenvolvimento do bebê e nas preferências alimentares desse. Por isso a importância de se oferecer à criança uma alimentação balanceada desde o período fetal”, relembra a nutricionista. “Após o nascimento, existe uma técnica especial, e que deve ser seguida pela mãe, para que o bebê experimente todos os alimentos de forma saudável e balanceada, moldando o seu paladar”, revela.

Segundo a especialista, nós nascemos com preferência ao sabor doce. Por isso, se desde cedo o bebê tiver contato com alimentos muito adocicados, provavelmente não vai tolerar os alimentos com outros sabores, resultando em uma alimentação muito seletiva e nociva para a sua saúde.

Durante o atendimento na clínica Speciale, a criança, na companhia dos pais, consulta com as especialistas no mesmo dia, e já inicia o tratamento direcionado por elas. A partir daí, é feito controle periódico, de mês em mês. Além disso, a clínica oferece oficinas de alimentação saudável separadas por idade, com o objetivo de ensinar as crianças a terem uma vida mais saudável e assim mais sucesso no tratamento. Além da obesidade infantil, as profissionais da Speciale realizarão o diagnóstico e tratamento de outros distúrbios alimentares, como anorexia nervosa e bulimia.

 

Tags: ,